sexta-feira, 20 de janeiro de 2012


O secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, afirmou que a Arena das Dunas, em Natal, está com o cronograma atrasado na preparação para a Copa do Mundo de 2014. Ele anunciou que a entidade fará um monitoramento permanente do andamento das obras, mas garantiu que o estádio continua nos planos para sediar o torneio de futebol.

“Temos um estádio que está sob monitoramento da FIFA para a Copa do Mundo. É o estádio de Natal, onde, definitivamente, há atraso. Tem que ficar claro que o monitoramento desse estádio vai ser permanente pela FIFA, para termos certeza de que ele vai voltar ao ritmo”, disse Valcke.

A afirmação veio durante coletiva de imprensa que contou com o membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local (COL), Ronaldo Nazário, e com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo. O comitê fez uma reunião de diretoria, nesta quinta-feira (19.01).

Dentro do cronograma

O Secretário Especial para a Copa do Mundo de 2014 do Rio Grande do Norte (Secopa), Demétrio Torres, rebateu as declarações dadas pelo secretário geral da FIFA e sustentou que as obras do estádio estão dentro do cronograma estabelecido em 2011. A entrevista foi concedida por telefone, após ser procurado pelo Portal da Copa.

“Esse cronograma vem sendo cumprido até com certo conforto. As visitas são feitas para verificar o andamento das obras e esse monitoramento já é feito de forma permanente. Inclusive, temos duas câmeras que acompanham a construção da Arena e enviamos relatórios à FIFA. Todas as etapas são acompanhadas pelo COL”, afirmou Torres.

Segundo informações da construtora responsável pelo estádio de Natal, as intervenções previstas para 2011 foram concluídas antes do prazo estipulado. As etapas de demolição do ginásio Machadinho e do Machadão, drenagem e retirada da rede elétrica e terraplanagem foram concluídas. A sede potiguar receberá quatro jogos da primeira fase do Mundial. A arena terá 45 mil lugares. A previsão para o término das obras, segundo Demétrio Torres, continua fixada em dezembro de 2013.

Do Portal da Copa – www.copa2014.gov.br

0 comentários