sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Os potiguares fizeram uma festa no ano passado, caprichando em passagens aéreas, divulgação dos mandatos, alimentação, combustível, locação de veículos e consultorias mil.

Redondinho, gastaram R$ 3.055.914,69.

Fábio Farias e Sandra Rosado foram os mais gulosos, ele com R$ 337.810,99 e ela com R$ 337.450,74.

Fábio caprichou nas passagens aéreas, principalmente nos dois primeiros meses do ano passado - em janeiro gastou R$ 19.017,08, em fevereiro mais R$ 18.934,71.

E Sandra socializou boa parte da sua (?) verba com os veículos de comunicação da própria família, mês a mês distribuindo às vezes R$ 5.000,00, outras R$ 8.000,00, entre a rádio e o jornal da velha e brava Mossoró.

Depois aparece o deputado João Maia, com uma conta de R$ 333.839,93.

Logo em seguida, Fátima Bezerra: R$ 326.427,76.

Paulo Wagner é o quinto colocado - gastou exatos R$ 314.050,74, caprichando principalmente em almoços e jantares. Só em julho, por exemplo, a comilança do parlamentar de Areia Branca custou R$ 5.821,58...

Rogério Marinho, tucano de bico longo, aparece com R$ 310.488,14.

Felipe Maia pendurou uma conta de R$ 299.804,16.

E Henrique Eduardo Alves entrou na rabeira da fila com R$ 276.830,40.

Já no Senado, José Agripino Maia foi o campeão: R$ 235.411,81. Pagou até segurança privada, R$ 2.800,00 em julho, em setembro, em outubro e em novembro para um tal de Branco Oliveira...

Paulo Davim sapecou R$ 188.973,09 nas nossas costas e Garibaldi Alves aparece apenas com R$ 60.868,12.

Só?

Não

Betinho Rosado, agora secretário do governo da cunhada no Rio Grande do Norte, também está na fita com R$ 9.830,40, Itamar Rocha aproveitou um único mês de mandato para gastar R$ 19.680,61 e João Faustino lambuzou-se com R$ 9.447,80.

Por Luis Fausto

0 comentários