segunda-feira, 23 de janeiro de 2012


A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, visitou as obras da Arena das Dunas nesta segunda-feira (23). Acompanhada pelo titular da Secopa RN, Demétrio Torres, a Governadora recebeu a imprensa local e explicou que o cronograma de trabalho apresentado à FIFA está sendo cumprido rigorosamente.
“Não há nenhum motivo de preocupação. A obra segue o ritmo planejado, de acordo com o cronograma que foi apresentado à FIFA em janeiro de 2011 e que inclusive foi aprovado pela entidade. Se compararmos com as cidades que começaram as obras antes de nós, realmente há um atraso, mas estamos cumprindo nosso cronograma rigorosamente, segundo o qual a Arena das Dunas estará pronta em dezembro de 2013”, declarou Rosalba.
Em relação à declaração da FIFA de que a capital potiguar passaria a ser monitorada especialmente agora, a Governadora disse estar tranquila e reforçou que Natal já vem sendo monitorada desde o início do trabalho da atual gestão. “Quando assumi em janeiro de 2011 e trabalhei para resgatar a Copa em Natal, parte do acordo feito com a FIFA era justamente de que Natal fosse monitorada de perto pela FIFA, com acompanhamento permanente. Portanto, esse acompanhamento já vem sendo feito e não é nenhuma surpresa para nós”, reforçou.
Durante a visita às instalações do canteiro de obras, cópias do cronograma completo foram entregues aos jornalistas para que estes também possam acompanhar todo o desenvolvimento da obra, juntamente com o Governo do Estado, a FIFA e o COL (Comitê Organizador Local, com sede no Rio de janeiro).
“Na verdade, além de estarmos em dia com o cronograma, estamos também avançando além do que estava planejado. Procuramos sempre ganhar tempo com as fases da obra, antecipando o máximo possível e isso poderá ser acompanhado a partir de agora pela imprensa. Exemplo disso é que hoje iniciamos a execução do bloco de coroamento das estacas, um trabalho que estava previsto para começar somente em março”, explicou o secretário Demétrio Torres.
Cerca de 450 operários estão trabalhando neste momento em diferentes frentes dentro da obra, que segue de acordo com o planejado. Segundo Demétrio Torres, não há razão para modificar o planejamento agora, mas isso poderá ser feito nas próximas etapas, dependendo da necessidade.

0 comentários