sexta-feira, 30 de março de 2012

O clima não é dos mais agradáveis entre o PMDB com cargos e o governo.

O ex-secretário de Turismo Ramzi Elali pediu pra sair porque não encontrava espaço para ele como gestor.

Se sentia desprestigiado por não conseguir despachar com a governadora, se sentia desprestigiado por não conseguir ajudar uma só  festa de interior, se sentiu desprestigiado ao ver dois secretários despachando sobre turismo no exterior, quando ele permanecia em Natal.

Pediu pra sair e o pedido foi aceito.

Ramzi foi indicado pelo ministro Garibaldi Filho e o filho-deputado Walter Alves, que já decidiram: não vão indicar o sucessor.

Por um motivo bem simplinho: temem que outro titular não vá ter um pingo de prestígio.

E quem pensa que o clima pesado entre o PMDB com cargos e o governo é coisa isolada…saiba que o clima entre o gabinete oficial e a Secretaria de Assistência Social, comandada pelo peemedebista Luís Eduardo Carneiro, sofre da mesma doença: falta de prestígio.

Por Thaisa Galvão

0 comentários