quinta-feira, 29 de março de 2012

O secretário estadual de Turismo, Ramzi Elali, entregou nesta manhã o pedido de exoneração do cargo de primeiro escalão a governadora Rosalba Ciarlini. Oficialmente o empresário Ramzi Elali justificou o pedido de exoneração do Governo afirmando “incompatibilidade de tempo”. Mas, na prática, a saída do auxiliar de primeiro escalão foi motivada por um “desprestígio” a que foi submetido pela própria governadora Rosalba Ciarlini.

Há quinze dias os secretários de Planejamento, Obery Rodrigues, e de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, embarcaram para os Estados Unidos em uma viagem que teria como “missão” fomentar investimentos e divulgação do turismo potiguar. No entanto, embora a “missão” fosse afim da pasta de Ramzi o titular do Turismo foi deixado de fora. Ele não foi convidado nem mesmo para audiência com a governadora onde os secretários apresentaram os “resultados” da viagem.
O deputado estadual Walter Alves descartou que o PMDB, responsável pela indicação do secretário de Turismo que pediu exoneração Ramzi Elali, faça nova indicação para o titular da pasta.
“Não estamos nessa aliança com o Governo Rosalba atrás de cargos. Ramzi pediu para sair e o PMDB não fará nova indicação”, disse Walter Alves.
A exoneração de Ramzi é a segunda de um titular de primeiro escalão do Governo Rosalba em menos de um mês. Recentemente, o advogado Fábio Hollanda, indicado do PR, deixou a pasta da Justiça e Cidadania.

0 comentários