quarta-feira, 9 de maio de 2012


Em parceria com o banco Santander, a Academia de Serviços Azul (ASA), ligada a companhia aérea Azul, será aberta em junho com cursos de formação e profissionalização em diversas áreas da aviação. Para pilotos, o curso, que custa em média R$ 80 mil, poderá ser financiado em até 60 meses e conta com uma taxa de juros de 1,89% a. m. Já o curso para comissários pode ser financiado em até dez vezes sem juros.

“Vai ser difícil entrar no nosso curso, mas quem se formar vai ter prioridade para ser tripulante da Azul”, afirma David Neeleman, fundador da Azul. Segundo o empresário, não há garantia de que quem fizer o curso será contratado pela companhia aérea, mas a ASA foi criada para suprir uma demanda por bons profissionais que o crescimento do setor exige.

O curso é aberto para maiores de 18 anos, com Ensino Médio completo e inglês intermediário. O empresário ainda prometeu melhoras nas condições de financiamento do curso e, inclusive, algumas bolsas por mérito. Para entrar na ASA, o candidato passa por uma prova de aptidão (com testes médicos e de habilidade), além de provas de matérias básicas do Ensino Médio. As aulas são em período integral e acontecem na EJ Escola de Aeronáutica Civil, em Itápolis, no interior de Sao Paulo, durante dez meses.

As inscrições para os dois programas da Academia estão abertas até o dia 20 de maio e podem ser feitas pelo site da Azul. Serão 20 vagas para a escola de pilotos e 25 para comissários. As aulas para piloto devem ter início em 25 de junho e as para comissários começam dia 10 de julho.

0 comentários