domingo, 20 de maio de 2012


Na noite desta sexta-feira (18), o DEM e o PMDB lançaram a pré-candidatura da chapa que pretende concorrer à Prefeitura de Mossoró. O evento foi realizado na casa da prefeita Fafá Rosado, na Capital do Oeste.
A chapa será encabeçada pela vereadora Cláudia Regina, do DEM. Ela terá como vice o advogado Wellington Filho, do PMDB. O deputado estadual Walter Alves destacou a importância do surgimento de novos nomes para a política.
“O PMDB apresenta a pré-candidatura de Wallington Filho como uma aposta na juventude. Uma pessoa séria e ficha limpa. A força e a juventude de Cláudia Regina e de Wellington Filho vão fazer a diferença em Mossoró”, disse.
O ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, também apostou na juventude e na força dos dois pré-candidatos.
“Foi uma escolha acertada. Cláudia Regina é uma pré-candidata que vai sensibilizar o povo mossoroense pela sua mensagem. Vereadora de credibilidade. Acho que o povo mossoroense vai fazer justiça à administração de Fafá e vai optar pela continuidade”, contou.
Também marcaram presença no evento os deputados estaduais Leonardo Nogueira e Antônio Jácome (presidente estadual do PMN); os federais Felipe Maia, Henrique Eduardo Alves (presidente estadual do PMDB), João Maia (presidente estadual do PR) e Rogério Marinho (presidente estadual do PSDB); o senador José Agripino Maia (presidente nacional do DEM); o ministro Garibaldi Alves Filho; a governadora Rosalba Ciarlini; e prefeita-anfitriã Fafá Rosado.
O ato reuniu dezenas de munícipes e contou com a presença de representantes de vários partidos aliados que também devem compor a chapa como PR, PSDB, PSL, PV, PMN e PT do B. A grande participação comprova a força que a pré-candidatura tem na cidade.
Agora, a chapa aguarda oficializar a candidatura através do registro da candidatura, que ocorre entre 3 e 5 de julho. As regras eleitorais que disciplinam o pleito impõem uma série de restrições aos pré-candidatos como a proibição da campanha eleitoral antecipada, por isso o evento desta sexta ficou restrito ao lançamento da pré-candidatura. Somente após o prazo destinado às inscrições é que os candidatos poderão fazer comícios.

0 comentários