sexta-feira, 4 de maio de 2012


Pergunta que não quer calar…
Se o município de Guamaré está entre os 139 que estão em estado de emergência decretado pelo governo do Estado, como a Prefeitura vai bancar o show de Zezé di Camargo e Luciano marcado agora para o mês de maio?
Pelo que se sabe, o show da dupla, que roda o Brasil com a turnê “In Love”, não sai por menos de 450 mil reais.
E se levada em consideração o que diz a imprensa local, a noite em Guamaré será “de luxo”…
Mas os gastos com shows no município este ano já são estimados em mais de um milhão.
Aí eu vou para a calculadora.
Se o Estado tem 139 municípios em estado de emergência, e o Ministério da Integração Nacional vai liberar 26 milhões para dividir com todos…vai dar pouco mais de 187 mil reais para cada um.
Muuuuito menos do que o que a Prefeitura vai pagar com um show só.
Então, em sendo assim, justifica o governo incluir Guamaré entre as cidades em estado de emergência?
Nesse caso, o dever seria feito em casa e sobraria um dinheirinho a mais para os municípios que precisam de verdade.
Alô governadora Rosalba Ciarlini, atenção aí nessa lista de beneficiados!!!

Fonte Thaisa Galvão

Um comentário:

  1. Pois é desde o final do governo de João pedro filho que Guamaré vive nessa decadência de fazerem festas caríssimas com o dinheiro do povo,no inicio do mandato de Mozaniel foi a mesma coisa,decretou estado de calamidade pública,no governo de Dedé foi do mesmo jeito,Auricélio acompanhou e também fez do mesmo jeito,agora Lula onde vamos parar com esses prefeitos que não se preocupam com o povo,a politica do pão e circo e assitencialismo herdado do governo de joão pedro e Dedé,Auricélio continuam rondando Guamaré,agora o que eu não entendo é,se faz festas o povo reclama,se não faz reclamam do mesmo jeito apelar pra quem,mudança só de cara,pois é o mesmo que trocar 6 por meia duzia.

    ResponderExcluir