terça-feira, 8 de maio de 2012

Zezé Di Camargo e Luciano receberam valor bem inferior em outras cidades
Guamaré  gastou R$ 2 milhões na festa de 50 anos da cidade – encerrada ontem – duas semanas depois de ter decretado situação de emergência pela seca. Contudo, isso não quer dizer que a gestão municipal tenha cometido qualquer ilegalidade. Pelo menos, foi isso que afirmou a Prefeitura da cidade por meio de nota oficial enviada a O JORNAL DE HOJE.

E se não representou ilegalidade, o investimento feito pela cidade nos festejos confirmou qual é a prioridade da Prefeitura, assim como antecipou a matéria publicada neste vespertino. Afinal, só mesmo tendo a realização de grandes eventos como esse – e o carnaval – poderia justificar o gasto de, por exemplo, R$ 450 mil com a dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano, enquanto várias cidades do país pagaram menos da metade para ter o mesmo show.


Em levantamento feito pel’O JORNAL DE HOJE, o valor do cachê cobrado pela dupla para apresentações ficou em torno dos R$ 210 mil, sobretudo, em cidades das regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Em Orlândia, São Paulo, por exemplo, a Prefeitura local pagou R$ 180 mil para que Zezé e Luciano se apresentassem no dia 12 de março. A Prefeitura de Itumbiara, Goiás, pagou um pouco mais, R$ 200 mil, para agendar o show para julho.
Acima da casa dos R$ 200 mil, tiveram que pagar as prefeituras de Pedra Dourada, Minas Gerais, que desembolsou R$ 220 mil, para agendar o show para agosto; a de Jarinu, São Paulo, que pagou R$ 247 mil, para apresentação em abril; e São Gonçalo do Rio Abaixo, também em MG, que gastou R$ 225 mil, para tê-los em evento no mês de março. É importante ressaltar que todos os contratos foram firmados com a empresa Z.C.L Comércio, Promoções e Produções LTDA, a mesma que fechou o contrato com a Prefeitura de Guamaré.
FÁBIO JR E CHICABANA
A dupla Zezé di Camargo e Luciano não foi a única a receber um valor bem acima para tocar em Guamaré. A banda Chicabana, por exemplo, que teve um cachê de R$ 262 mil para se apresentar no carnaval de Guamaré, recebeu “apenas” R$ 70 mil para tocar no dia 10 de fevereiro, na Fundação Casa de Cultura Hermilo Borba Filho, em Palmares, Pernambuco. Fábio Jr, que recebeu R$ 290 mil para encerrar os festejos de 50 anos de Guamaré no domingo, fez show com o filho, Fiuk, em Farol de São Thomé, em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, por R$ 165 mil.
Fonte JH

0 comentários