terça-feira, 28 de agosto de 2012

Não é nenhuma novidade que por mais uma vez a cidade de Guamaré vive um descaso administrativo. Moradores da cidade denuncia que o secretário de obras do município Widnes Robert, mora na cidade de Caicó, ele é indicação do médico e ex-vice prefeito Marcus Túllios, e por esse motivo quase sempre quando procurado, não está na cidade. Os moradores afirmam que os bueiros jogam dejetos pelas ruas há bastante tempo e que não é de hoje que a secretaria de obras tem ciência do caso.
As principais ruas que sofrem com o descaso da prefeitura com bueiros despejando dejetos a céu aberto, são as Ruas Prof° João Batista e Rio Miassaba. Não suportando mais o mau cheiro e a água contaminada que está causando doenças em adultos e crianças, os moradores da rua Professor João Batista, atingem o limite da paciência e resolveram ontem, [domingo, 26] a interditar a rua, cavando vários buracos impedindo a passagem de veículos e pedestres.



Fonte blog é Francisco Gomes




Há pouco os juízes começaram a julgar o recurso do candidato a prefeito de Guamaré, Mozaniel Rodrigues (PMN), que teve o registro indeferido com recurso pela justiça eleitoral local.

O placar é de 1 a 1, com o relator Jailsom Leandro sendo contrário ao recurso de Mozaniel Rodrigues e o juiz Ricardo Procópio analisando que não houve condenação transitada em julgado e, por isso, o político pode disputar o pleito.
O recurso deverá voltar a julgamento amanhã ou quinta-feira.
De Guamaré, também na lista para julgamento o recurso do outro candidato a prefeito, Hélio de Mundinho (PMDB), que também teve o registro de candidatura indeferido com recurso.

Muita coisa vai ficar para ser julgada na sessão de amanhã.
segunda-feira, 27 de agosto de 2012



Veja: Solte seu inglês

Época: Eles merecem ganhar tanto? (É você quem paga)

IstoÉ: Quem são os grevistas que desafiam o Brasil

IstoÉ Dinheiro: Este senhor tem bons negócios para a sua empresa

Carta Capital: The Economist – Do que somos feitos 

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

A prefeitura de Guamaré, ao contrário dos outros anos, até o presente momento ainda não pagou a primeira parcela do décimo terceiro salário que tem direito os funcionários contratados e efetivos do município.
 
É de se estranhar que uma prefeitura rica como a de Guamaré não tenha pago ainda os direitos de seus funcionários, será que é poque estamos em ano eleitoral e esse não pagamento é uma forma de pressionar os "eleitores funcionários"?
 
Dizem que pessoas ligadas ao sistema falam aos quatro cantos da cidade, para quem quiser ouvir, que a 1ª parcela do décimo só será pago após 07 de outubro de 2012, dia da eleição, e que se o candidato do sistema não ganhar 1ª parcela do décimo não será paga.
 
Isto é um verdadeiro absurdo o que estão fazendo com o funcionalismo municipal. O Ministério Público tem que se pronunciar perante mais este fato lastimável da politica de Guamaré.
 
Estamos de olho.
 
 

Uma fonte me informou que o pagamento dos veículos que são locados a prefeitura está em atraso e que a data do pagamento seria no ultimo dia 10/08 e até agora ninguém recebeu seus vencimentos,alguns fornecedores já estão preocupados com essa situação que deixa muito a desejar .
Funcionários também reclamam e se preocupam com férias em atraso e o pagamento do 13°.
O que está acontecendo?
Será que a novela dos atrasos irá se repetir semelhante ao que aconteceu em 2008.
Alô prefeito!O povo pede explicações!
 
Fonte O Guamareense 
 
quarta-feira, 22 de agosto de 2012


Infelizmente , a festa dos royalties não ocorre apenas em Campos. Bem longe dali, em Guamaré, no Rio Grande do Norte, o dinheiro do petróleo embala uma folia depois da outra. Nos últimos dez anos, a pequena cidade a 170 quilômetros de Natal recebeu 202 milhões de reais em royalties. No mesmo período, Guamaré trocou de prefeito oito vezes. 

O Tribunal de Contas do estado deu parecer contrário à prestação de contas de três deles. Um foi preso por desvio de verbas. Neste momento, o Ministério Público investiga os gastos com festas dos dois últimos prefeitos. Auricélio Teixeira precisa explicar os 785.000 reais pagos a bandas no Carnaval de2011. O atual prefeito, Emilson Borba Cunha, tirou do caixa 2 milhões de reais para animar o Carnaval deste ano e mais 2,2 milhões para bancar o oba-oba no aniversário da cidade, ao som das vozes de Zezé di Camargo e Luciano, Fábio Jr. e Reginaldo Rossi. 

Guamaré tinha tudo para ser próspera. Além de poços de petróleo, tem três parques eólicos, um terminal aquaviário, duas usinas de biodiesel e uma refinaria da Petrobrás, afora praias perfeitas para o turismo. Nos últimos quatro anos, o número de empresas locais dobrou para 266. Guamaré é hoje o 20º município do Brasil em PIB per capita: 90.230 reais, quase o triplo da renda paulistana. A prosperidade, porém, não passa de um efeito contábil, fruto da divisão de um PIB turbinado por uma pequena população de 12.000 habitantes. Não muito longe do centro estão comunidades como o Morro do Judas, um bairro com ruas de terra, sem água, luz e esgoto. Os moradores , como o agente de saúde Raurison Souza, precisam fazer gambiarras para garantir o mínimo de água em casa. 

A Petrobras chegou à cidade em 1982, mas até hoje a maior parte da população não tem qualificação para aproveitar as centenas de vagas abertas no setor de energia. Enquanto as empresas de petróleo importam trabalhadores de outros estados, um quarto da cidade trabalha na prefeitura, os analfabetos representam mais de um quinto da população ( o dobro da média brasileira) e quase 10% vivem na extrema pobreza. O único local onde os moradores poderiam obter alguma qualificação é no pequeno centro técnico do município, que oferece apenas 68 vagas em três cursos.

Lucas Fenix de Oliveira, de 22 anos, até tentou entrar lá, mas não conseguiu. Como as vagas são restritas, a escola não aceita que duas pessoas da mesma família estude ao mesmo tempo. No caso de Oliveira, deram preferência ao irmão mais velho. Mas ele não desistiu de melhorar a formação. Após o trabalho como monitor ambiental numa fundação, faz bicos em um supermercado e uso o dinheiro para bancar o curso de eletrotécnica, na cidade vizinha. 

O que prospera em Guamaré é o assistencialismo. Um total de 2.300 famílias recebe da prefeitura um cartão com 120 reais para gastar no comércio. Outras 267 estão no programa de auxílio-aluguel. Há ainda 1604 beneficiadas pelo Bolsa Família. Morando à beira do rio Aartuá, que contorna Guamaré, o pescador Toninhos Fonseca e sua mulher acompanharam a transformação da terra natal há 30 anos. Criaram cinco filhos com a renda da pesca, a principal atividade da cidade antes da chegada da Petrobras. O que mudou para eles? O casal agora pode observar a cidade mais do alto, pois a casa ganhou um segundo piso erguido com restos de materiais abandonados por empresas. “O dinheiro que corre por aí não chega aos filhos de Guamaré”, diz Fonseca.

Revista Exame

 
 
Apurado desta terça-feira no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte.
 
Além do registro do candidato a vereador de Natal, ex-deputado Wober Júnior, foram indeferidos os registros dos seguintes candidatos ao legislativo:
 
Isaque Paulo Rodrigues, Jorge Luiz de Medeiros Pereira (Natal), José Afrânio Bezerra da Silva (Parnamirim), Hermeson Jacones Revoredo (Canguaretama), Gerson Luiz de Medeiros Júnior e Maria de Fátima Silva (Afonso Bezerra), José Olavo de Morais (São José de Mipibu), José Maria Martins da Silva (Vera Cruz), Manoel Ribeiro da Silva (Senador Eloi de Souza), Damião Lima de Freitas (Venha Ver), Fábio Ronan Dantas Pereira (Carnaúba dos Dantas), Francisco Lima Ribeiro (João Câmara) e Marlene do Carmo Confessor (Monte das Gameleiras).
 
Já os nomes a seguir tiveram registros concedidos pelo TRE:
Francisca Edileusa Nunes Dantas (Natal), Gilvan Gomes André e Josenilson Viana da Silva (Serra Caiada), Maria Eliana Dantas dos Santos (Lajes), Josefa Cabral de Lima (Pedro Velho) e Eduardo Bastos de Pontes (Currais Novos).
 

 
O julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) será retomado hoje (22), a partir das 14h, com a leitura do voto do ministro revisor Ricardo Lewandowski. Ele disse que pretende abordar todos os pontos levantados pelo ministro relator Joaquim Barbosa e estima que a leitura domine toda a sessão. Ao final, será decidido se o ministro Antônio Cezar Peluso poderá antecipar seu voto.
 
Peluso se aposenta compulsoriamente no dia 3 ao completar 70 anos e não poderá continuar na Corte Suprema. Por isso, será discutido se ele pode antecipar o voto, uma vez que está previsto que seja o quinto a votar. Peluso deve ser o único ministro que não irá adotar o sistema de fatiamento do processo, optando pela votação em bloco.
 
Pelo cronograma, votarão nos próximos dias Rosa Maria Weber; Luiz Fux; José Antônio Dias Toffoli; Cármen Lúcia; Cezar Peluso; Gilmar Mendes; Marco Aurélio Mello; Celso de Mello e Carlos Ayres Britto, o presidente do STF.
 
Anteontem (20), Barbosa concluiu seu voto quanto à parte da denúncia relativa aos fatos que envolvem a DNA Propaganda e o Banco do Brasil. Ele concluiu essa etapa manifestando-se pela condenação dos réus Marcos Valério, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach pelos crimes de peculato e corrupção ativa, e do réu Henrique Pizzolato pelos crimes de peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.


A FIFA lançou o Programa de Voluntários para a Copa das Confederações em 2013 e para a Copa do Mundo em 2014, nesta terça-feira (21), em Salvador. Os interessados em trabalhar nos megaeventos esportivos já podem se cadastrar no site da entidade máxima do futebol (site da FIFA). O cadastro é único e vale para todas as competições. Esta é a primeira etapa do processo de seleção, que conta ainda com entrevistas e treinamentos geral e específico.
 
Os primeiros treinamentos serão online e começam em dezembro deste ano. Segundo Rodrigo Hermida, diretor de voluntariado do Comitê Organizador Local (COL), o treinamento à distancia é importante para atingir todas as partes do país e para estabelecer uniformidade das ações. “Uma obrigação que a FIFA cobra é uniformidade, todos as pessoas, em todos os lugares devem ser atendidas da mesma forma”, disse. Após a capacitação pela internet, haverá um treinamento presencial, em que as pessoas vão conhecer os locais de trabalho e terão novas instruções, mas específicas.
 
O trabalho voluntário não é remunerado, mas o COL e a FIFA disponibilizarão aos selecionados os uniformes, um auxílio para o deslocamento até o local das atividades (dentro da cidade-sede) e alimentação durante o período de trabalho.
 
Os candidatos devem possuir alguns requisitos, como ter no mínimo 18 anos e disponibilidade de atuar pelo menos 20 dias corridos na época dos eventos, sendo que cada turno de trabalho durará até 10 horas. Durante o processo de seleção serão verificadas as habilidades, perfil e conhecimentos de cada inscrito.
 
A estimativa é a de que 7 mil voluntários trabalhem na Copa das Confederações e 15 mil na Copa do Mundo, segundo números revisados pelo COL.
 
segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Na última sexta feira (17), as comunidades denominadas Morro do Judas e Quilombo receberam a carana da Coligação Esperança Renovada, uma multidão se aglomerou no Quilombo para ouvir as propostas dos candidatos a vereador de lideres políticos e do candidato a prefeito Mozaniel de Melo.

Abaixo algumas fotos do evento:












 







 


A partir desta terça-feira (21) começa a ser transmitida a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. O horário eleitoral termina no dia 4 de outubro. Nos municípios onde houver segundo turno, depois de totalizados os votos no dia 7 de outubro, a data limite para o início da propaganda eleitoral gratuita é o dia 13 de outubro. Neste caso, a propaganda gratuita segue até o dia 26 daquele mês. O segundo turno das eleições municipais ocorre no dia 28 de outubro.

A propaganda gratuita dos candidatos a prefeito e vice-prefeito será veiculada às segundas, quartas e sextas-feiras das 7h às 7h30 e das 12h às 12h30 no rádio; e das 13h às 13h30 e das 20h30 às 21h na televisão. Já a propaganda gratuita dos candidatos a vereador vai ocorrer às terças, quintas-feiras e aos sábados, nos mesmos horários.

Pela Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.370, a propaganda eleitoral gratuita na televisão deve utilizar a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) ou legenda. Esses mecanismos devem constar obrigatoriamente da mídia entregue por partidos e coligações às emissoras de TV.

No horário eleitoral gratuito, é proibida a propaganda que degrade ou ridicularize candidatos. O partido ou coligação que descumprir essa regra está sujeito à perda do direito de veicular sua propaganda gratuita no dia seguinte ao da decisão.

Regras gerais

Pela resolução, qualquer que seja sua forma ou modalidade, a propaganda eleitoral deve mencionar sempre a legenda partidária e somente pode ser feita na língua nacional. A propaganda não pode utilizar meios publicitários destinados a criar, artificialmente, na opinião pública, estados mentais, emocionais ou passionais.

Na propaganda majoritária para prefeito, a coligação deve usar, obrigatoriamente, sob a sua denominação, as siglas de todos os partidos que compõem a coligação. Já na propaganda proporcional para vereador, cada partido deve usar apenas a sua sigla sob o nome da coligação.

Na propaganda dos candidatos a prefeito, deve constar também o nome do candidato a vice-prefeito, de modo claro e legível, em tamanho não inferior a 10% do nome do titular.

Cabe aos juízes eleitorais tomar todas as providências relacionadas à propaganda eleitoral, assim como julgar as representações e reclamações relacionadas ao assunto.

No segundo semestre de ano eleitoral, não é veiculada a propaganda partidária prevista na Lei dos Partidos (Lei nº 9.096/1995).


Veja: Hormônios mais poderosos

Época: As novas combinações de alimentos que fazem bem à sua saúde

IstoÉ: Como os superatletas ajudam na sua saúde

IstoÉ Dinheiro: Bradesco é a empresa do ano

CartaCapital: Dilma e o Estado empacado

Exame: O novo mapa do consumo
sexta-feira, 17 de agosto de 2012


Os juízes da Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte vêm intensificando os trabalhos para o julgamento dos recursos dos registros de candidatura que chegam ao TRE, vindos das zonas eleitorais, em todo o Estado. Em Sessão Plenária na manhã desta sexta-feira (17), mais quatro processos foram julgados, provenientes dos municípios de Campo Grande, Parnamirim e Governador Dix-Sept Rosado.

No recurso de Campo Grande, o Ministério Público Eleitoral impugnou o pedido de registro de candidatura ao cargo de prefeito de José Edilberto de Almeida, pois o pré-candidato teve contas rejeitadas pelo órgão de contas competente, quando foi prefeito do município. O relator do processo, juiz Nilson Cavalcanti, votou pelo provimento do recurso, para indeferir o registro, sendo acompanhado à unanimidade pelos seus pares.

Provenientes de Governador Dix-Sept Rosado, foram julgados dois recursos interpostos pelo Ministério Público Eleitoral contra candidatos a vereador do município que tiveram os registros de candidatura deferidos pela 57ª Zona Eleitoral. No primeiro deles, da relatoria do desembargador Vivaldo Pinheiro, foi mantido o deferimento de Raimundo Roseno Filho, à unanimidade. No outro, da relatoria do juiz Nilson Cavalcanti, houve divergência do juiz Verlano Medeiros e do desembargador Saraiva Sobrinho. Os juízes Jailsom Leandro, Ricardo Procópio e Gustavo Smith e o desembargador Vivaldo Pinheiro acompanharam o voto do relator. Assim, foi provido o recurso que indeferiu o registro de candidatura de Antônio Freire de Souza Filho.

Por último, foi julgado o recurso proveniente de Parnamirim, interposto pela Coligação “Vitória da Continuidade” em face de decisão da juíza da 50ª Zona Eleitoral, que julgou improcedente impugnação apresentada por ela, deferindo o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários – DRAP da Coligação “Muda Parnamirim” a participar das eleições 2012. O relator do processo, juiz Gustavo Smith, negou provimento ao recurso, mantendo a decisão proferida, sendo acompanhado à unanimidade pela Corte.

Na próxima segunda-feira (20), os juízes do TRE voltam a se reunir, em nova sessão, às 14 horas. O prazo previsto para julgamento dos recursos no TRE vai até o dia 23 de agosto, data limite para que os Regionais informem ao TSE relação dos candidatos às eleições majoritárias e proporcionais, para fins de centralização e divulgação de dados (Lei nº 9.504/97, art. 16).

Fonte TRE-RN
quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Uma verdadeira multidão acompanhou a pé o candidato a prefeito Mozaniel de Melo e seus candidatos a vereadores, no último sábado dia 11/08/2012, pelas ruas de Guamaré. O povo saiu as ruas numa manifestação espontanea de muita alegria e felicidade, deixando claro, para quem ainda tinha dúvidas, quem será o novo comandante dos destinos de Guamaré.

Abaixo algumas fotos do evento:


Mozaniel guando chegava a passeata





Candidato a vereador SEV ERO no meio do povo

Candidata a Vice Prefeita Ivyna Câmara











segunda-feira, 13 de agosto de 2012



Neste sábado (11/08) o candidato Mozaniel e seus correligionários mostraram aos guamareenses o rumo vitorioso para as eleições de outubro próximo.

Milhares de pessoas tomaram todo o espaço do centro da séde do município para escutarem as propostas de Mozaniel e dos candidatoos a vereadores que os acompanham. Em seu  discurso o candidato a prefeito de Guamaré, Mozaniel Rodrigues foi taxativo "Ganharei as eleições em 7 de outubro mesmo contra 40 Milhões de Reais, mesmo contra tanto poder. Porque as portas que Deus abriu ninguém fechará".

Certamente, percebemos uma grande fé em Deus nas palavras e nos propósitos do candidato, também dos seus seguidores, eleitores e correligionários. Mas um dos destaques em seu discurso foi citar o seu pai, ao seu lado, e comprometer-se em praça pública com o povo guamareense. "Tenho projetos para Guamaré e assim como o meu pai, construirei casas para famílias sem tetos e apartamentos para novos casais".

Opinião:

Sem dúvida que os objetivos do candidato Mozaniel são desenvolvimentistas. Acredito nas suas palavras, considerando que o seu pai, quando prefeito, transformou Guamaré em um canteiro de obras e por saber da sua capacidade técnica. É Engenheiro Civil e em atividade, o que dar respaldo político as suas declarações.

#Fraçual Rodrigues - 12/08/2012