sábado, 28 de março de 2015


A chuva que chegou de uma vez na metade na classificação para o GP da Malásia caiu sob medida para que Lewis Hamilton fizesse sua segunda pole positon da temporada. O inglês quase ficou de fora do treino na segunda parte, mas conseguiu se salvar e, no final, com bastante água na pista, não deu chances para os rivais. Depois de fazer o melhor tempo do final de semana, Nico Rosberg teve de se contentar com o terceiro posto, sendo superado também por Sebastian Vettel, da Ferrari. Após erro estratégico da Williams, Felipe Massa larga apenas em sétimo.
A água, que começou a cair forte na segunda parte da sessão, tirou Kimi Raikkonen da luta pela pole. O piloto finlandês vinha sendo o que estava andando mais perto das Mercedes, mas não foi bem na única volta que deu com pista seca no Q2 e vai largar em 11º.
Quem também ficou devendo foi Felipe Nasr. Depois de sofrer com o equilíbrio da Sauber e com o desgaste de pneus durante os treinos livres, o estreante foi eliminado ainda na primeira parte da classificação, mesma sessão em que seu companheiro, Marcus Ericsson, conseguiu o sétimo posto. Com a saída prematura do treino, o brasileiro vai largar na 16ª colocação.
Q1
Depois do forte calor ter marcado a última sessão de treinos antes da classificação, liderada por Nico Rosberg, foi a ameaça de chuva que gerou tensão entre pilotos e equipes. Temendo serem pegas de surpresa pela água e pensando em economizar pneus para a corrida, as Mercedes fizeram sua primeira saída à pista já com os médios, os mais rápidos e menos duráveis do final de semana.
As demais equipes, por outro lado, adotaram a tática tradicional e começaram o treino com o pneu duro, lembrando que cada piloto tem três jogos de cada composto para usar na classificação e na corrida. E a expectativa para a Malásia, devido ao forte calor, é que o pneu duro seja o mais utilizado na corrida.
Três equipes disputaram com uma tensão a mais a primeira parte do treino: a Manor buscava ficar dentro dos 107% regulamentares para a classificação, e a McLaren lutava com a Force India e Lotus para tentar passar para o Q2. Porém, apesar de Alonso ter conseguido se colocar mais adiante na tabela de tempos nos treinos livres, na 'hora da verdade' as McLaren não passaram da penúltima fila.
Assim, Button e Alonso foram eliminados no Q1, com o inglês superando o espanhol pela primeira vez no final de semana, junto de Merhi e Stevens, que sequer foi à pista devido a um problema no combustível, da Manor. A equipe foi liberada para correr com ambos os pilotos mesmo ficando acima do limite de tempo porque a FIA entendeu que eles fizeram tempos representativos nos treinos livres. A surpresa ficou por conta da eliminação também de Felipe Nasr.
Q2
Os raios caindo nas proximidades da pista de Sepang anunciavam que a chuva era uma questão de tempo e todos os pilotos saíram à pista logo que o Q2 iniciou, gerando uma grande disputa para ver quem se livrava do tráfego e conseguia deixar os pneus nas condições ideais para fazer sua volta.
Quem saiu prejudicado na correria foi Hamilton, que fez apenas o oitavo tempo em sua primeira tentativa. Porém, o inglês foi salvo pelo início da chuva, que veio forte e impediu a melhora dos tempos. Assim, o líder do campeonato se garantiu na terceira parte do treino.
A sorte de Hamilton não foi a mesma de Raikkonen. O piloto, que vinha sendo a Ferrari mais forte deste final de semana, se posicionou mal, ficou travado pela Sauber de Ericsson e se classificou apenas na  11ª colocação, dando adeus ao treino.
O mesmo aconteceu com Pastor Maldonado, da Lotus, que vai largar em 12º, à frente de Nico Hulkenberg e Sergio Perez, da Force India, e Carlos Sainz, que vinha fazendo um bom final de semana pela Toro Rosso, mas vai largar em 15º.
Q3
A água caiu com tanta força que obrigou a última parte da classificação a ser atrasada. O treino só foi reiniciado meia hora depois e as equipes fizeram apostas diferentes: enquanto as Williams, por exemplo, saíram com os pneus de chuva extrema, Ferrari, Red Bull e as Mercedes optaram pelos intermediários. Logo que os pilotos foram à pista, ficou claro que o time de Massa e Bottas errou na escolha, pois a pista não estava muito molhada e ambos os pilotos abortaram a primeira tentativa.
Logo na primeira volta no molhado, Hamilton foi mais de um segundo mais rápido que Rosberg, demonstrando grande rendimento na chuva. Vettel fez o terceiro tempo. As Williams, depois de colocar os pneus intermediários, ainda retornaram mais uma vez para os boxes, trocando novamente os pneus, mas mantendo o composto.
Massa e Bottas tiveram, portanto, apenas uma volta rápida. O brasileiro fez o sétimo tempo, à frente de seu companheiro, que larga em oitavo. No finalzinho, Vettel ainda conseguiu colocar a Ferrari na primeira fila, superando Rosberg, que pedia via rádio instruções de quais seria o melhor traçado. A quarta posição ficou com Ricciardo, que larga à frente de Kvyat e Verstappen. O oitavo colocado no treino foi Romain Grosjean, mas o francês foi punido por ter furado a fila de carros no início do Q2 e larga em décimo. Assim, Marcus Ericsson subiu para nono.
O GP da Malásia tem largada marcada para às 4h da madrugada de domingo, com transmissão pela Rede Globo e pelo Placar UOL Esporte.
Confira os tempos da classificação do GP da Malásia
1. Lewis Hamilton (ING) Mercedes-Mercedes 1min49s834
2. Sebastian Vettel (ALE) Ferrari-Ferrari 1min49s908
3. Nico Rosberg (ALE) Mercedes-Mercedes 1min50s299
4. Daniel Ricciardo (AUS) Red Bull-Renault 1min51s541
5. Daniil Kvyat (RUS) Red Bull-Renault 1min51s951
6. Max Verstappen (HOL) Toro Rosso-Renault 1min51s981
7. Felipe Massa (BRA) Williams-Mercedes 1min52s473
8. Valtteri Bottas (FIN) Williams-Mercedes 1min53s179
9. Marcus Ericsson (SUE) Sauber-Ferrari 1min53s261
10. Romain Grosjean (FRA) Lotus-Mercedes 1min52s981* PUNIDO
Q2
11. Kimi Raikkonen (FIN) Ferrari-Ferrari 1min42s173
12. Pastor Maldonado (VEN) Lotus-Mercedes 1min42s198
13. Nico Hulkenberg (ALE) Force India-Mercedes 1min43s023
14. Sergio Perez (MEX) Force India-Mercedes 1min43s469
15. Carlos Sainz Jr (ESP) Toro Rosso-Renault 1min43s701
Q1
16. Felipe Nasr (BRA) Sauber-Ferrari 1min41s308
17. Jenson Button (ING) McLaren-Honda 1min41s636
18. Fernando Alonso (ESP) McLaren-Honda 1min41s746
Roberto Merhi (ESP) Manor Marussia-Ferrari 1min46s677*
Will Stevens (ING) Manor Marussia-Ferrari sem tempo
*tempo acima de 107% do melhor tempo do Q1

0 comentários